terça-feira, 8 de agosto de 2017

MINI Cooper S, Cabrio S e JCW são esportivos à combustão mais eficientes do Brasil


Os modelos MINI Cooper S, Cooper S Cabrio e John Cooper Works são os esportivos à combustão mais eficientes do Brasil, segundo a edição 2017 do Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). A pesquisa avaliou 983 modelos de 35 marcas para eleger os mais eficientes nos quesitos consumo de combustível e emissão de poluentes. Equipado como motor propulsor 2.0 de 192 cv, o MINI Cooper S teve consumos de 11,1 km/l (urbano), 14 km/l (rodoviário) e 1,77 MJ/km (energético). De igual propulsor, o MIINI Cooper S Cabrio, por sua vez, registrou 10,6 km/l (urbano), 13,2 km/l (rodoviário) e 1,87 MJ/km (energético) – médias iguais às do MINI Cooper John Cooper Works, equipado com motor 2.0 de 231 cv. Os três modelos, que são equipados com câmbio automático de seis velocidades, obtiveram o selo CONPET de Eficiência Energética – os únicos à combustão da categoria a atingirem esse resultado.

Espaço extra

O Novo MINI Hatch 5 portas conserva o design característico da marca e está ainda mais espaçoso, apresentando excelentes medidas para um compacto premium: a distância entre-eixos aumentou 72 mm, o que abriu espaço para três assentos na parte traseira. Além disso, o novo modelo tem 3.982 mm de comprimento, 161 mm a mais em relação ao MINI Hatch 3 portas. Já a largura permaneceu igual, com 1.727 mm, e a altura foi aumentada em 11 mm, para 1.425 mm. Por fim, o espaço do porta-malas agora oferece 278 litros – 67 litros a mais do que no modelo de três portas.

Alto desempenho

 
Disponível com a tecnologia MINI TwinPower Turbo, o MINI Cooper 5 portas é equipado com motor a gasolina de 3 cilindros que gera 136 cv de potência. Já a motorização Cooper S, de 4 cilindros a gasolina, gera 192 cv de potência. O modelo traz transmissão Steptronic de 6 marchas ou transmissão Steptronic Esportiva, também de 6 marchas, como na versão Cooper S Top, e o sistema Auto Start/Stop, que evita o consumo de combustível desnecessário do motor em marcha lenta, durante o trânsito congestionado.

O veículo oferece ainda dois modos de condução, além da configuração padrão MID. Para uma direção mais esportiva, basta ativar o modo SPORT. Já para uma condução com foco na eficiência de combustível, o modo GREEN é a melhor escolha.

Além disso, graças às configurações de suspensão específicas, com sistema multilink na traseira e alto grau de rigidez da carroceria, o Novo MINI 5 portas mantém o Go-Kart feeling característico da marca.

Segurança

Evidenciando a preocupação típica da MINI em relação à segurança de seus clientes, o Novo MINI Hatch 5 portas oferece de série airbags frontais, laterais e de cortina, cintos de segurança automáticos de 3 pontos em todos os assentos, com pré-tensionadores e limitadores de força nos bancos dianteiros e ISOFIX para cadeirinha infantil na parte traseira.

Tecnologia

Conectividade é uma das características marcantes dos veículos do BMW Group e, por isso, o Novo MINI Hatch 5 portas vem equipado com o MINI Connected, sistema que permite ao usuário acessar funções exclusivas, como redes sociais, a exemplo de Facebook e Twitter, e recursos de entretenimento, como Deezer, Spotify e Napster, acessíveis pelo Instrumento Central do MINI, utilizando-se da conexão à Internet de seu smartphone.

Além disso, a versão Cooper S Top conta ainda com itens como o Head-Up Display que mostra a velocidade, instruções de navegação e funções do veículo; apresenta também ampla variedade de sistemas inovadores de assistência ao condutor, como o Driving Assistant, que inclui: controle de velocidade de cruzeiro adaptativo por vídeo, aviso de colisão e pedestres com função de freio e assistente de farol alto.

Fonte: Imprensa BMW
 

Jaguar I-PACE é eleito o veículo conceito mais significativo de 2017

 
O Jaguar I-PACE foi designado o Veículo Conceito Mais Significativo de 2017 no 16º Prêmio Norte-Americano de Veículos Conceito. Além de alcançar a maior pontuação geral para garantir o primeiro lugar, o SUV totalmente elétrico da Jaguar também ganhou a categoria Conceito de Pré-produção do ano.

O prêmio reconhece os veículos com maior potencial de moldar o futuro da indústria automobilística. Mais de 24 jurados participaram de um processo de seleção que envolveu um total de 24 veículos, todos introduzidos na América do Norte durante os salões de automóveis desta temporada em Los Angeles, Detroit, Chicago, Toronto e Nova York.
 
Exaltado pelo seu design bonito e futurista, o conceito I-PACE foi descrito pelo juiz Ashly Knapp como um «marco na tecnologia automotiva». O juiz Lauren Fix disse: "A Jaguar melhorou completamente a marca de muitas maneiras, e o conceito I-PACE apresenta a nova direção".
 
Um dos conceitos mais atraentes visualmente já produzidos pela Jaguar, o SUV totalmente elétrico aproveita ao máximo a liberdade de design oferecida pela eletrificação. Ele antecipa o primeiro veículo elétrico da Jaguar, o Jaguar I-PACE, que estará nas estradas no segundo semestre de 2018.

Ian Callum, chefe de Design da Jaguar, disse: "Nosso desafio foi projetar um veículo elétrico que seja distinto e inconfundivelmente um Jaguar – e que demonstre que um veículo elétrico pode ser visualmente dramático e ao mesmo tempo prático. Eu acho que o conceito Jaguar I-PACE fez exatamente isso e está claramente na vanguarda da tendência de veículos elétricos mais bonitos e mais desejáveis. Estamos muito orgulhosos disso e muito satisfeitos por os jurados norte-americanos terem reconhecido nosso sucesso mediante a concessão do prêmio de Veículo Conceito Mais Significativo de 2017."
 
Fonte: Imprensa Jaguar Land Rover
 

JAC T40 é nova opção para o segmento de entrada de SUV´s


Concebido inicialmente para ser produzido no Brasil, o JAC T40 faz sua estreia no mercado brasileiro neste mês de agosto. As primeiras unidades começam a desembarcar nos próximos dias e já serão imediatamente distribuídas pela rede de concessionários JAC Motors de todo o país. Terceiro SUV da JAC no país, o T40 traz, além de todo o pacote vasto de equipamentos de série e custo/benefício atraente, ingredientes específicos para seduzir o exigente comprador de SUV´s.

"O JAC T40 foi integralmente concebido para o Brasil. Tudo nele foi pensado para satisfazer ao consumidor brasileiro, motivo pelo qual esperamos que logo se transforme em um sucesso de vendas", garante Sergio Habib, presidente da JAC Motors do Brasil.

Além de um espaço interno e volume de porta-malas absolutamente incomparáveis no segmento, o JAC T40 é bonito, moderno, denota o status de modelo de maior porte e inova no mercado brasileiro com a exclusiva JAC Connect Front Câmera. Em conjunto com o aplicativo JAC View, o sistema é capaz de registrar filmes (com áudio) de todos os percursos percorridos pelo T40, o que, além do atrativo tradicional em si, pelas possibilidades que cria de gravação de passeios a aventuras com o T40, visa uma robusta redução dos preços do seguro em nosso mercado.

Quando foi desenhado na Itália, ao gosto específico do consumidor brasileiro, o JAC T40 trouxe as necessidades de uso de um SUV de entrada, incluindo o design agressivo e contemporâneo a diversos detalhes de acabamento que denotam uma classe superior. O modelo inclui diversos apliques cromados, com destaque para a grade frontal (traz a nova logotipia da JAC MOTORS), a moldura lateral na base da área envidraçada e os filetes no para-choque traseiro.

Alto e largo, o T40 é seguramente a resposta fiel dos designers italianos às necessidades do consumidor brasileiro. Além de permitir a acomodação de passageiros adultos no banco traseiro – a carroceria possui 1,57 metro de altura –, o T40 exibe a largura de modelos do segmento médio do mercado: 1,75 m, o que o equipara a um JAC J5, por exemplo, que tem apenas 2 cm a mais. E isso faz toda a diferença desse segmento! O lançamento da JAC Motors efetivamente acomoda três passageiros no banco traseiro, que têm espaço para ombros e cabeças. E isso não é tudo: com 450 litros de capacidade cúbica no porta-malas, ele é um dos carros mais espaçosos da categoria no compartimento de bagagem.

Projeto "Brasil"

"The biggest model in its segment". Com esse simples briefing, o JAC T40 começou a ser idealizado em março de 2011, no exato instante em que nascia a JAC Motors Brasil. Já se previa, à época, que o casamento entre a marca chinesa e o Grupo SHC, responsável pela importação dos modelos ao país, renderia frutos rapidamente. Uma equipe de engenheiros liderada pelo presidente da empresa no Brasil, Sergio Habib, desembarcava em Turim, na Itália, para encomendar um novo SUV para o mercado brasileiro, que estrearia a linha de produção da JAC Motors por aqui.

E foi essa a primeira exigência efetuada pela equipe de brasileiros aos profissionais do JAC Italy Design Center, onde o T40, batizado como projeto A30 à época, já ganharia apenas dois meses depois os primeiros sketches (propostas de design ainda efetuadas no papel). O primeiro protótipo em clay (argila) ficaria pronto em setembro daquele ano, com análise de propostas que duraria até janeiro de 2012. Neste instante, os representantes da marca no Brasil realizaram o "freezing style", ou "congelamento do estilo" numa tradução livre, que é quando você define o design final do modelo.

Os modelos pré-série, já prontos para rodar e efetuar os testes de durabilidade, começaram a circular por estradas chinesas em meados de 2014. Com o redirecionamento do futuro da fábrica da JAC Motors no Brasil, que alterou o plano inicialmente previsto, o JAC T40 acabou sendo lançado antes no mercado chinês, o que ocorreu em agosto de 2015, onde recebeu o nome de JAC S2. Logo depois, os testes de durabilidade foram iniciados também em território brasileiro, cumprindo o objetivo regiamente previsto pela marca de 1 milhão de km rodados no país.

Um SUV de verdade

Ao estrear no mercado nacional, o JAC T40 abre uma importante opção ao consumidor verdadeiramente interessado na compra de um SUV. Não se trata de um modelo compacto posicionado como aventureiro ou simplesmente batizado de SUV. O JAC T40 possui aptidões bem específicas para essa configuração, como a altura livre do solo, que é de 18 cm. Suas suspensões, por exemplo, aliam a robustez de uso em off-road leve à performance no asfalto, constituindo-se da aclamada receita com MacPherson na dianteira e eixo de torção na traseira.

O terceiro SUV lançado pela marca no Brasil oferece motor igual ao do T5. Trata-se de uma unidade 1.5 VVT 16V JetFlex, que desenvolve a potência de 125 cv (gasolina) e 127 cv (etanol), com torque máximo de 152 Nm e 154 Nm, respectivamente. Como prova de um modelo de categoria superior, o JAC T40, além de todos os dispositivos eletrônicos que assessoram nas frenagens, possui um conjunto mecânico mais eficiente que seus rivais: discos ventilados nas rodas da frente e discos sólidos na traseira. O detalhe "esportivo" recai sobre os cálipers vermelhos nas quatro rodas.
 

Custo/benefício imbatível

A despeito desse pacote de vantagens, o modelo trazido pela JAC Motors está muito bem posicionado no range de preços dos SUV´s, assemelhando-se, em valores, a modelos aventureiros de porte menor e menos equipados. Na versão Pack 2, o JAC T40 custa apenas R$ 56.990. E já vem equipado com:

Travamento automático das portas a 15 km/h;
Aviso de cinto não acoplado (piloto e copiloto);
Freios com ABS e EBD;
BAS - Brake Assist System (assistente para frenagens de pânico);
BOS - Brake Overide System (pedal "inteligente" de freio);
ESP - Eletronic Stability Program (controle eletrônico de estabilidade);
TCS - Traction Control System (controle eletrônico de tração);
HSA - Hill Start Assist (assistente de partida em rampas);
TPMS - Tire Pressure Monitoring System (sistema de monitoramento da pressão dos pneus);
Sensor de estacionamento traseiro;
Luzes diurnas de LED;
Luzes de conversão estática – faróis seguem o movimento de esterçamento do volante em baixas velocidades para auxiliar nas manobras;

Retrovisor interno antiofuscante;
Função GSI (Indicador de troca de marchas);
Função "Follow Me Home";
Abertura interna da tampa do tanque de combustível;
Trava elétrica das 4 portas e da tampa do porta-malas;
Imobilizador;
Alarme antifurto;
Cruise control (controlador de velocidade), acionado por teclas no volante;
Piloto automático;
Espelhos retrovisores externos com ajuste elétrico;
Faróis com regulagem elétrica de altura do facho;
Faróis com acendimento automático em função da luminosidade (sensor crepuscular);
Volante revestido em couro;
Banco do Motorista com ajuste de altura;
Dois assentos com Isofix;
Rodas de liga leve com 16 polegadas, pneus 205/55 R16;
Direção com assistência elétrica;
Comandos de áudio no volante de direção.
Quando configurado no Pack 3 (R$ 58.990), o JAC T40 acrescenta os seguintes equipamentos:
JAC Connect Front Camera;

Câmera de ré;
Kit multimídia com tela de 8 polegadas.
Como único opcional, o JAC T40 ainda é oferecido com a pintura bicolor, que custa R$ 1.990.
 
Fonte: Imprensa JAC Motors
 

BMW i8 é o esportivo mais eficiente do Brasil em 2017


O melhor de dois mundos. Assim pode ser definido o BMW i8, que acaba de ser consagrado como o esportivo mais eficiente do Brasil segundo a edição deste ano do Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Equipado com um propulsor híbrido que desenvolve potência combinada de 362 cavalos, o BMW i8 tem desempenho invejável: 0 a 100 km/h em 4,4 segundos e velocidade máxima de 250 km/h. Apesar disso, exibiu consumos exemplares nos testes do Inmetro: 11,3 km/l (cidade), 13,6 km/l (estrada) e 1,77 MJ/km (energético). Esses resultados lhe garantiram o selo CONPET de Eficiência Energética - o único em sua categoria a obter essa marca, ao lado dos modelos MINI Cooper S, Cooper S Cabrio e Cooper John Cooper Works. A pesquisa avaliou o consumo de combustível e emissão de poluentes de 983 modelos de 35 marcas.
 

Motorização e desempenho

A combinação das tecnologias BMW TwinPower Turbo e BMW eDrive produz, além do gerenciamento de energia inteligente, potência máxima de 266 kW/362 cv, que proporciona ao BMW i8 as características de desempenho de um autêntico carro esportivo, com 0 a 100 km/h em 4,4 segundos, mas com consumo de combustível de 47km/l e  49g/km* de emissão de CO2, números equivalentes ao de um carro de pequeno porte.
 
O BMW i8 conta com um sistema de propulsão híbrido plug-in, que inclui o inédito motor de três cilindros e injeção direta à gasolina BMW TwinPower Turbo 1.5L, excepcionalmente compacto e de alto desempenho que gera uma potência de 170kW/231cv, com torque máximo de 320Nm.
 
A segunda fonte de energia do carro é um motor elétrico especialmente desenvolvido e produzido pelo Grupo BMW para o BMW i8. A unidade desenvolve uma potência máxima de 96 kW/131 cv e entrega seu torque máximo de 250 Nm ao primeiro toque no acelerador. Além da resposta instantânea tipicamente gerada por motores elétricos, a potência continua a ser produzida até o limite de giros, graças ao design especial, que permite que o motor elétrico continue a fornecer bastante torque em altas rotações.
 

O motor elétrico também pode impulsionar o veículo sozinho - a velocidade máxima neste caso é de 120 km/h e o alcance máximo é de 37 quilômetros. O motor recebe a potência da bateria de íons de lítio, que foi instalada na parte central embaixo do assoalho do veículo, e pode ser recarregada por uma simples tomada doméstica, por meio do BMW i Wallbox ou em alguma estação pública de carregamento.  O motorista pode escolher entre diferentes modos de condução, do mais esportivo ao mais confortável/econômico. São eles: Comfort, Sport, Eco Pro, na modalidade híbrido; e Comfort e Eco Pro, no modo elétrico.
 

Equipamentos

O extenso pacote de equipamentos padrão do BMW i8, já disponível em sua versão de entrada Neso, inclui o Sistema de Navegação Profissional, display de instrumentos totalmente digital, ar-condicionado dual zone, BMW iDrive com tela de 8,8 polegadas, volante esportivo de couro com botões multifuncionais, assentos esportivos de couro ajustáveis eletricamente e painel de instrumentos com acabamento em couro. O proprietário também tem a possibilidade de escolha entre quatro acabamentos de pintura externa e quatro variantes de equipamentos internos.
 
Além disso, o consumidor pode escolher entre três linhas de equipamentos opcionais: Halo, Carpo e o exclusivo pacote Pure Impulse, que traz rodas de liga leve de 20 polegadas, faróis de LED com funções estendidas, como iluminação diferenciada para autoestrada, Head-up display, entre outros equipamentos especiais.
 

Serviços exclusivos BMW i

A BMW i conta com alguns serviços exclusivos desenvolvidos como parte do programa "360º electric", como BMW i Wallbox para carregamento doméstico e conveniente da bateria; serviço de diagnóstico da infraestrutura elétrica residencial do consumidor e instalação da BMW i Wallbox; serviços de assistência para manutenção, reparos e no evento de uma pane; e um programa de vendas flexível.
 

Sustentabilidade em todo o processo produtivo

A preocupação com o meio ambiente também está presente na fabricação do BMW i8. O processo de montagem do veículo é feito na fábrica de Leipzig, que possui um grande compromisso com a sustentabilidade. Nesta unidade, a energia utilizada em sua produção é 100% eólica. A unidade também é uma das mais silenciosas e limpas do mundo, utilizando 50% menos energia e água.
 
*Trata-se de um indicador baseado em um perfil de direção no qual a capacidade da bateria de alta voltagem é inicialmente utilizada para a propulsão totalmente elétrica, antes de alternar para o modo híbrido, quando a energia é recuperada para recarregar a bateria, permitindo que grande parte da viagem seja coberta unicamente através de energia elétrica.<0} {>Este perfil utiliza até 11,9 kWh de eletricidade e 2,1 litros de combustível para completar os 100 quilômetros.

Fonte: Imprensa BMW